Make your own free website on Tripod.com

 


On Line


MÚSICAS

Após muitos anos de pesquisa O RAPARIGUEIRO desenvolveu uma nova "linguagem" musical, o Brega Beat, o som que todo Raparigueiro gosta, Forró, Brega e outros estilos similaris,
só ouvindo pra entender
  • O RAPARIGUEIRO
  • O RAPARIGUEIRO
  • O RAPARIGUEIRO
  • O RAPARIGUEIRO
  • O RAPARIGUEIRO
  • O RAPARIGUEIRO Percebeu ele, que a cada dia, surje um número maior de mulheres carentes e mulheres e mulheres espadas (homem espada gosta de mulher e mulher espada, idem).
    Porque? Socratiza O RAPARIGUEIRO em seus brevíssimos e necessarios momentos filosóficos ( O RAPARIGUEIRO acha que pensar é coisa de frutinha, pois em vez de está raparigando, perde tempo pensando , aí se torna muito sensível, masturbador (Schopenhauer que o diga!) ou está sempre rodeado de homens, já que não há mulheres Filósofas).
    Porque tantas mulhers carentes e mulheres espadas? Porque o número de homens abonecados cada vez aumenta. É grande e crescente o número de homem-bebê (aquele que adora e só se satisfas com uma mamadeira)
    Eis qui di repente, chega ele arrombando tudo, duro, calado, prático, na contramão da moda (é moda ser viado e corno). Podem chamá-lo de jebacop, stalonga-cobra.
    O RAPARIGUEIRO, bebe cachaça, não responde pergunta de mulher, não aperta mão de homem; só bebe cachaça sem tira gosto, nada de cerveja, drink, uiske e principalmente champanha, pois tudo isso é coisa de boneca.
    Gilleti, Probac, G dois, nada disso! isso é coisa de entendido, raparigueiro mesmo, faz a barba com moto serra, isto é, se o massarico estivé faltando gás.

    O RAPARIGUEIRO não reza, é chechêro e escreve errado, pois ler muito, estudar é meio paço pra viadação!


    O RAPARIGUEIRO