Make your own free website on Tripod.com


 » PNL
 » Psicologia
 » Ponto da Música
 » MIDI
 » Contato

PROGRAMAÇÃO NEUROLINGÜíSTICA

Segundo Richard Bandler a PNL é um modelo de comunicação, uma abordagem educacional e sendo assim pode ser utilizada em várias áreas, a fim de melhorar o desempenho das habilidades humanas. A PNL parte do princípio de que se todos nós temos a mesma neurologia, então necessariamente todos nós podemos obter os mesmos resultados que qualquer outra pessoa, o trabalho então é transferir o conhecimento e as habilidades de uma pessoa para outra, de forma que esta segunda consiga obter um desempenho similar.

HISTÓRICO

PNL é a designação para um modelo de comunicação humana desenvolvida a partir de modelos de excelência na década de 70 por John Grinder e Richard Bandler. Os dois estavam interessados em descobrir como algumas pessoas conseguiam resultados fantásticos utilizando o mesmo modelo terapêutico utilizado por outras que fracassavam e determinar os padrões que estes terapeutas eficientes utilizavam em seu trabalho que tornava o processo de mudança uma experiência enriquecedora para ambos, uma espécie de mágica, tal era a velocidade que conseguiam chegar ao cerne da questão e intervir adequadamente. Bandler pensou em questões do tipo: " existe , tal como na matemática ou gramática, padrões ou fórmulas cognitivas que guiem o comportamento humano?"; "o que acontece na cabeça de uma pessoa para fazê-la agir de determinada maneira?"; " o que os seres humanos fazem com a experiência que lhes acontece a cada instante?"; " como pessoas, apesar de sérias dificuldades, até físicas, conseguem obter resultados esplêndidos, enquanto a grande maioria não passa de resultados medíocres?"...

Grinder e Bandler passaram a procurar pessoas que conseguiam resultados excelentes em suas atividades, inicialmente no campo da Terapia. Dentre os "modelos", Os mais famosos foram, Virginia Satir (Terapeuta Familiar), Fritz Pearls (Criador da Gestalt Terapia) Milton H. Erickson (Psiquiatra e Hipnoterapeuta). Os três não poderiam ser mais diferentes, entretanto suas posturas e suas intervenções continham alguns princípios em comum.

Nos anos seguintes Bandler e Grinder modelaram outros magos da psicoterapia, Terapeutas com a incrível capacidade de ajudar pessoas a modificarem alguns comportamentos em uma ou em poucas sessões. Uma dessas pessoas foi a terapeuta de famílias, Virginia Satir, os dois conseguiram identificar os padrões de pensamento que a faziam ser tão eficiente. Outro terapeuta modelado por Bandler e Grinder foi Milton Erickson, o criador da hipnose moderna. Erickson foi apresentado aos dois por Gregory Bateson, um dos estudiosos do pensamento sistêmico e que já era amigo deles nessa época. Bateson os apresentou a Milton Erickson após observar os resultados da modelagem, sua intenção com o encontro era desvendar o modelo de terapia utilizado por Erickson já que ninguém tinha a mínima idéia de como funcionava.

Milton Erickson era capaz de induzir um transe profundo durante uma conversa aparentemente normal e era famoso por seu trabalho eficiente e rápido ao lidar com vários tipos de patologia, desde neurose de angústia até psicoses.

Bandler e Grinder encontraram-se com Erickson e conseguiram identificar e descrever processualmente o formato de algumas de suas intervenções ao qual denominaram de Modelo Erickson. As descrições desse trabalho foram transformadas em dois livros: Patterns of Hypnotic Techniques of Milton H. Erickson vol. I e II.

Ao unirem os padrões de atuação desses três magos da terapia, Bandler e Grinder deram um salto quantitativo e qualitativo na evolução da psicoterapia, agora eles sabiam como fazer e explicar a "mágica" que estavam fazendo, o que não era possível aos terapeutas estudados, já que os terapeutas estudados faziam faziam seu trabalho maravilhosamente, mas não conseguiam explicar como faziam pois procediam de maneira inconsciente.

Ao conjunto de suas descobertas e os padrões adquiridos dos grandes mestres deram o nome de Programação Neurolingüística. Nos anos seguintes foram desenvolvidas diversas técnicas baseadas nas idéias que os dois tinham observado na prática de outros terapeutas ou haviam criado a partir de seus estudos, isto nos conduz a outro ponto importante; o caráter gerador desse modelo de mundo, que está livre para desenvolver-se cada vez mais, tomando como ponto inicial a descoberta ou desenvolvimento anterior.

Foi identificando os padrões utilizados em Terapia pelos três Terapeutas citados que a PNL começou a tomar forma. A primeira "descoberta" foram as categorias de processamento cognitivo, conhecidas por Sistemas Representacionais, que indicam nossa forma de representar e armazenar as experiências do mundo em nossas mentes, nossos Mapas Mentais de realidade, a maneira como organizamos estas experiências irá determinar como nos comportaremos. Bandler e Grinder perceberam que as pessoas se especializavam em uma categoria cognitiva ao decorrer de suas vidas: Visual, que tendem a organizar sua experiência através do sentido da visão; Auditivos, que conferem maior atençaõ aos aspectos auditivos dos acontecimentos; e Cinestésicos (Tato, Paladar e Olfato) que compreeedem o mundo atravé s das sensações. Entretanto os seres humanos são flexíveis e mesmo tendo um sistema preferido para dar sentido aos eventos e comunicar-se, conseguem mudar de modo cognitivo de acordo como tipo de atividade que exercem no momento, e alguns até "escolhem" sua atividade profissional de acordo com seu sistema Preferencial, um provador de vinhos estará mais ligado à sua experiência cinestésica ao trabalhar, agora adivinhe a que partes estarão concentrados um músico e um arquiteto ao trabalhar? Por experiência própria como músico percebi que há uma sinergia entre a audição e cinestesia enquanto toco, ouço o som que estou tocando e consigo saber o que precisa, mais ou menos força na execução, se devo aumentar ou diminuir a velocidade, se estou na tonalidade, quase não há necessidade da visão, é um ciclo de feedbak constante entre audição e cinestesia.
Quando uma pessoa não consegue mudar de Sistema Representacional podem enfrentar dificuldades. Imagine uma pessoa que tenta soletrar ou calcular algo usando a audição ou Cinestesia... o que aconteceria? Tente realizar uma dessas atividades conversando consigo e em seguida tente visualizar a palavra ou os números e veja qual dos dois métodos é mais fácil.
Estas descobertas foram fundamentais para acelerar o processo de ensino de terapia, por exemplo, porque muitas pessoas já sabiam de tudo isso insconscientemente, isto é, utilizavam alguns recursos relacionados aos Sistemas Representacionais, muitos nem sabiam que existiam, e os que perceberam algo não se davam conta de como usavam em seu trabalho com os clientes, Virgínia Satir conseguia encontrar soluções rapidamente para conflitos matrimonias sérios simplesmente modificando sistema de comunicação do casal. Quando o marido representava a maioria de suas experiências no canal cinestésico e a mulher no visual era dificuldade de comunicação na certa, então Virgínia fazia-os por exemplo, comunicar-se no canal do outro durante uma semana, primeiro o marido e depois a mulher e a comunicação era restaurada.

Publicidade

www.microsite.com.br ------- -------
PRODUZIDO POR WEBDESIGN